3 Pilares para Você Alcançar o Sucesso Financeiro

O segredo do sucesso financeiro é gastar menos do que ganha. Parece (e é!) simples, mas poucos conseguem colocar em prática essa teoria.

Uma breve análise nesta simples fórmula pode nos levar a conclusões valiosíssimas, ainda que bastante óbvias. Vejamos:

LUCRO = RECEITAS – DESPESAS

Se você descobrir oportunidades para aumentar suas receitas e aprender a controlar suas despesas, sua renda só tende a aumentar.

Além disso, ao aprender como investir seu dinheiro, você consegue acelerar o crescimento do seu patrimônio.

Pelas conclusões que chegamos após a análise da fórmula acima, podemos afirmar que os três pilares para o sucesso financeiro se baseiam em: poupar dinheiro, investir dinheiro e ganhar dinheiro. Se você desenvolver bem essas três áreas, alcançará com mais eficiência o sucesso financeiro muito antes do que imagina.

Baseado nesses três pilares, veja essas dicas para que você possa desenvolver cada um deles.

1. Dê mais importância ao valor poupado que ao investimento

Uma regra básica para quem quer alcançar o sucesso financeiro diz que poupar é mais importante do que investir. Isso significa que ter disciplina para fazer aportes regularmente nos investimentos e poupar mais dinheiro é muito mais importante do que dar uma “grande tacada” e escolher a melhor aplicação disponível no mercado. Se você tem dinheiro investido, mas tem dívidas a pagar, provavelmente estará pagando mais juros do que recebendo. Os juros de cartões de crédito e empréstimos, por exemplo, costumam ser bem maiores que o retorno das aplicações financeiras. 

Então, vale mais a pena poupar para pagar essas dívidas em aberto do que dar início a um novo investimento. Quando o investidor consegue poupar e reunir uma boa quantia antes de investir, ele consegue ter acesso a produtos financeiros melhores. Aplicações com aporte inicial maior muitas vezes contam com rentabilidade maior e custos menores.

2. Invista, no mínimo, 10% do que você recebe

Todo orçamento pessoal deve ter uma parte exclusivamente destinada a investimentos. Os investimentos são o oxigênio de diversos projetos pessoais, por isso destinando menos de 10% da renda a aplicações, alguns objetivos podem demorar mais a se concretizar. 

É claro que, para quem tem uma renda altíssima, 10% da renda pode ser pouco se a pessoa tem capacidade para investir 50% da renda. Mas 10% é uma medida bem genérica e se não for possível guardar nem isso por mês, existe um problema.

Os objetivos financeiros, o tempo de investimento e a quantia disponível irão definir quais são as melhores aplicações, quanto deve ser colocado em cada uma delas e se será preciso aumentar ou não a parcela da renda para os investimentos. 

3. Invista em você para o sucesso financeiro!

A melhor maneira de ganhar mais dinheiro sempre vai ser investindo em si próprio.

Faça um curso para desenvolver determinada habilidade ou tire uma certificação reconhecida em sua área de atuação, esse pode ser o gatilho para um aumento salarial.

Em paralelo ao desenvolvimento da sua carreira, também é interessante investir em projetos pessoais, que visam obter uma renda extra. 

Muitas pessoas têm ótimas ideias para ganhar um dinheiro extra, através de consultorias, ou mesmo pela internet. Mas poucas colocam essas ideias em prática. E terminam perdendo ótimas oportunidades.

Ao desenvolver todos esses três pilares, as chances de encontrar o caminho para o sucesso financeiro se tornará cada vez mais tranquilo e curto.

 

 

Tags:

Deixe uma resposta