Fluxo de caixa em tempos de crise: 5 modos para transformar na prática

Qualquer negócio pode se deparar com uma crise financeira: seja ela local, ou a nível mundial, como estamos enfrentando no momento atual. Nesse momento, muitos empresários começam uma avaliação da saúde das finanças de seus empreendimentos e se deparam com uma realidade: em momentos de crise, está melhor preparado quem tem uma gestão financeira organizada e estar atento ao fluxo de caixa é necessário. 

O fluxo de caixa é um importante instrumento para isso: através dele é possível projetar para períodos futuros todas as entradas e saídas de recursos. Quando isso é compreendido, o empresário tem mais facilidade para tomar decisões importantes para a empresa, como realizar ou não investimentos, contratações, demissões, ou até mesmo uma reestruturação para oferecer novos serviços ou promoções.  

Uma pesquisa realizada pela XP Empresas, verificou 40% dos negócios conseguem paralisar suas atividades de 15 a 30 dias antes de ter problemas de caixa. Apenas 21% das participantes da pesquisa informaram terem recursos para um período de 60 dias.  Apesar disso, 77% das empresas disseram projetar um impacto grande ou muito grande nas economias para os próximos períodos. 

Dessa forma, principalmente para pequenas e médias empresas, um controle rígido do fluxo de caixa é imprescindível para superar esse período. Listamos algumas dicas para você poder colocar em prática na sua empresa. 

Esteja atento ao fluxo de caixa sempre

Acompanhe constantemente os números. Todos sabemos que existem oscilações, mas é importante que elas estejam visíveis nos seus planejamentos. 

Valor real

Saiba qual o valor você tem em caixa neste momento. E não esqueça de procurar pelo valor real, ou seja. descontando suas dívidas.

Fluxo de caixa como ponto de equilíbrio

Informação é poder quando o assunto são finanças, mais especificamente, seu fluxo de caixa. Conheça seu ponto de equilíbrio. Ou seja, quanto custa para manter meu negócio atualmente? Todavia, busque manter esses números os mais baixos dentro das possibilidades. Para isso, faça um mapeamento mensal dos gastos para um melhor acompanhamento. 

Reconheça períodos de crise e avalie possibilidades

Seus clientes também podem estar passando por períodos de dificuldades financeiras. Sendo assim, para evitar problemas nos recebimentos e afetar seu fluxo de caixa, avalie a opção de adiantar recebíveis através de serviços de FIDC.  

Compreenda os ciclos 

Tenha em mente que empresas de sucesso são aquelas que se adaptam às mudanças, sejam elas externas ou internas. Respeite cada etapa e aproveite todas as formas de aprendizado. Dessa forma, não entre em pânico nos períodos mais difíceis e use essas informações para evitar que ele se repita, ou, caso ocorra, que o impacto seja cada vez menor na sua lucratividade. 

Tags:

Deixe uma resposta